Projectos Sociais

Consciente da acção transformadora que a Igreja tem desempenhado na sociedade em todos os tempos, e tendo presente que a salvação que o homem anseia diz respeito a uma salvação integral da sua pessoa, a Arquidiocese de Nampula tem vindo a desenvolver diversos projectos de natureza social procurando, desta forma, incentivar as pessoas a serem promotoras do seu desenvolvimento e da melhoria das suas condições
de vida.

Nesse sentido, a sua intervenção tem vindo a abranger os mais diversos sectores da sociedade, nomeadamente a saúde, a educação, o trabalho e a habitação, a alimentação, os direitos da pessoa humana, com vista a ajudar a criar condições para uma vida mais digna.

ASA – Acção Social Arquidiocesana

Em Outubro de 2009, foi criada a ASA – Acção Social Arquidiocesana para intervir no apoio às iniciativas das comunidades na intuição, elaboração e realização de projectos de desenvolvimento social. Assim, a ASA tem como principais objectivos apoiar a promoção e implementação de projectos e práticas que contribuam para um crescimento sustentável em áreas como a agricultura, a pesca, o artesanato, a educação e a saúde, contribuindo, assim, para o desenvolvimento a nível local.

A ASA é uma estrutura profissional capaz de apoiar as diferentes comissões pastorais nas suas
acções sociais.

Contactos
E-mail: asanampula@yahoo.com.br
morada: C.P. 84
Nampula – Moçambique

Aldeia da Esperança

Um dos projectos com que a Arquidiocese pretende dar o testemunho da caridade é a Aldeia da Esperança. Trata-se de um projecto que visa a dar resposta às necessidades da população de Nampula, em geral, e de Momola em particular, intervindo ao nível do acolhimento, assistência e educação de crianças vulneráveis (órfãos, crianças de pais extremamente pobres, órfãos de pais que faleceram com HIV/SIDA).

Visa ainda a promover o ensino junto das crianças mais vulneráveis, nomeadamente ao nível da educação humana, cívica e profissional, formação pessoal e profissional, cultura e ao lazer, procurando minimizar riscos.

No projecto estão previstos:
1. Uma EP2
2. Um centro de formação profissional
3. Um lar
4. Um centro de saúde
5. Projectos agro-pecuários
6. Actividades culturais e desportivas

A Aldeia da Esperança já está actualmente em funcionamento, procurando criar condições para concretizar o projecto na sua globalidade.

Lar da Alegria

Outro projecto caro à Arquidiocese e espaço do seu testemunho vivo é o Lar da Alegria, um centro de acolhimento e assistência a idosos, incluindo também os mais pobres e doentes. É aqui que os utentes são cuidados como se estivessem em família, vivendo em condições de dignidade e respeito.

A pedido do Sr. Arcebispo, os Irmãos da Caridade, congregação religiosa fundada por Madre Teresa de Calcutá, ajudaram na concretização deste projecto. O Lar da Alegria, à semelhança do que acontece com a Aldeia da Esperança, está aberto à colaboração de todos os interessados, desde que dentro dos ideais e princípios da Igreja e no espírito e testemunho cristão e humanitário da Arquidiocese.

Organizações Humanitárias

Para a concretização dos projectos sociais, a Arquidiocese conta com o contributo de diversas ONG, fundações e associações nacionais e internacionais, nomeadamente:

1. Fundação Teresa Regojo
2. CAFOD
3. DISOP
4. Lado a Lado
5. PMO
6. APARF
7. Trocairemissio
8. Kirche in Not